© 2023 por YOLO.

Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Facebook Icon
Um pedaço do paraíso

 

Se você prefere ficar em camping, os Campings da Selva e do Kuika são os mais bem falados de Moreré.

 

Já se seu estilo é ficar em pousada, a mais impressionante é a Alizées Moreré, que tem bangalôs de madeira no alto do morro com vista pra praia. Entrei lá para saber dos passeios de barco que eles oferecem e achei uma graça.

 

Onde comer:

 

- Restaurante Paraíso: O paraíso oferece algumas opções a mais do que os outros restaurentes, como o Spaguetti com molho de camarão que a gente comeu. Na beira da praia.

- Todo Pasa: Pizzaria deliciosa na rua principal (onde ficam os tratores)

- Bar do Guido: Lagosta famosa da Praia de Cueira que eu falei acima.

 

Como chegar:

 

Chegar em Moreré não mole, e por ser algo complicado e com várias opções de trajetos, reservei um post para isso AQUI.

Mas resumindo, os aeroportos mais próximos são os de Salvador e Ilhéus e é preciso pegar um barco em Valença para chegar até Boipeba.

Para quem vai de carro, a cidade mais próxima é Torrinhas, onde é possível estacionar o carro.

MORERÉ

A Vila do Moreré, na Bahia é um pedaço do paraíso, mas chegar lá não é para os fracos e envolve bastante missão.

Por isso, resolvi dedicar um post inteiro só para explicar as opções, você pode conferir AQUI.

Para quem não sabe, Moreré é uma pequena vila de pescadores localizada na Ilha de Boipeba, na Costa do Dendê. A vila, fora da alta temporada tem apenas 300 habitantes e mesmo quando está cheia como quando visitamos (período de Réveilon), transmite calma e é o lugar perfeito para recarregar e renovar as energias.

A porta de entrada para Moreré é Velha Boipeba, principal vilarejo da Ilha, e a maioria dos turistas se hospeda por lá ou em Morro de São Paulo e visita Moreré apenas durante o dia, pois esses lugares tem mais estrutura e opções.
Nós ficamos hospedados em Moreré mesmo, que é bem mais tranquilo que Velha Boipeba e tem algumas opções de restaurantes, pousadas e casas para alugar.

A vila de Moreré tem apenas 4 ruas e são todas de areia, então o único sapato que você precisa colocar na sua mala é um chinelo. Aliás, por esse motivo recomendo ir de mochilão ou mala de alça, pois as rodinhas não rolam na areia fofa.

 

Se você tem a intenção de passar o dia só na vila: Para chegar até a Praia do Moreré, partindo de Velha Boipeba, há três opções: Caminhada, por uma linda trilha que beira as praias e passa por uma fazenda de coqueiros (cerca de uma hora), trator (custa 10 reais por pessoa e leva entre 20 e 30 minutos para chegar) e barco.

TURISMO

A praia de Moreré é maravilhosa e, na minha opinião, só perde para uma praia da Ilha, a Ponta dos Castelhanos. São areias brancas, coqueiros e barquinhos ancorados para todo lado.

Na areia você encontra algumas opções de restaurantes, todos bastante simples mas com uma comida gostosa. A sombra fica por conta dos coqueiros mesmo.
O único problema dessa praia é que a maré varia muito, principalmente em época de lua cheia, e há momentos do dia em que a praia fica completamente seca.

Piscinas Naturais do Moreré:

Passeio imperdível! Elas se formam na maré baixa e a paisagem é maravilhosa. Você fica cercado por águas mornas e cristalinas, peixes e corais. Em alto mar há até um bar que vende cerveja gelada e outras bebidas e petiscos, muito legal. Fomos no fim do dia, então ficamos com o lugar só pra nós, o que deixou o programa ainda melhor!

Para chegar até lá a partir de Moreré é só pegar uma canoa na beira, elas ficam indo e vindo ao longo do dia. De Velha Boipeba há passeios de barco para as piscinas.

 

Algumas observações sobre Moreré:

 

O vilarejo não tem muita estrutura, só tem 2 mini mercadinhos que tem poucas opções de produtos e os restaurantes são bem simples. Então se você quiser cozinhar é bom fazer compras em alguma cidade antes de chegar (Salvador, Valença ou Boipeba, quanto mais longe, mais opções e variedades).

 

Levar 90% do DINEHIRO em espécie. Não tem banco e só os mercadinhos e o Bar do Guido aceitam cartão de crédito.

 

Moreré é um lugar bem calmo, mesmo no Réveillon (período mais cheiro). A noite tem alguns bareszinhos e toda noite nessa época rola um samba em um desses bares (cada dia em um).

 

Se você busca algo um pouco mais animado ou com mais opções o melhor é ficar em Velha Boipeba (lá rolam algumas festas) e visitar Moreré durante o dia. Mesmo assim

 

Hospedagem:

 

Em Moreré tem campings, pousadas e casas para alugar. Nós fomos em um grupo grande então resolvemos alugar uma casa e foi incrível.

Ficamos hospedados no Canto do Morere, um dos lugares mais charmosos que já fiquei.

São 7 casas independentes no terreno e o lugar fica na beira da paria, bem próximo ao caminho que leva até Bainema. Por ser um espaço amplo e arborizado, as casas não ficam muito próximas umas as outras.
Nós ficamos num Bangalô todo feito em palha e madeira composto de um deck avarandado com uma pequena cozinha (fogão de duas bocas/forno, geladeira e utensílios), sala com rede.

 

Fora a praia e as piscinas de Moreré, é possível fazer passeios para todas as praias de Boipeba:

Praia da Cueira:
Apesar de não ser a que eu considerei a mais bela, é sem dúvida uma das minhas preferidas. Isso porque é lá que se toma o melhor banho de mar de Boipeba. Nessa praia a variação maré não interfere tanto e há sempre água e ondulação para mergulhar.
A sua orla é bem extensa e os coqueiros fazem sombras perfeitas. No canto direito há um delicioso rio que desagua da praia.Do outro lado fica o famoso bar do Guido conhecido como a melhor lagosta de Boipeba. Vale conhecer o bar que atraí turistas vindos de vários lugares da região, como Morro de São Paulo, para provar a lagosta.
Para chegar lá de Moreré é só caminhar até o final da praia, onde há uma fazenda de coqueiros. Você entra na fazenda e sai pelo outro lado (há uma trilha marcada) chegando no rio. Atravessando o rio está Cueira.

Atenção: No final do dia a maré sobre muito e não é possível atravessar o rio a pé, então se for voltar para Moreré cuidado com o horário.

Praia de Moreré

Indo para as piscinas

Piscinas Naturais

Praia da Cueira

Bar do Guido

Ponta dos Castelhanos:

Outro passeio imperdível. A ponta dos Castelhanos é uma praia linda na ponta da Ilha. O famoso por lá são os pasteis e os drinks que vem dentro das frutas.

Para chegar a partir de Moreré há duas opções: Trilha e barco. A trilha é linda e passa por dentro do manguezal. Dura aproximadamente 1 hora e meia e é bom fazer com guia ou alguém que conheça o mangue.

Já barco dura cerca de 30 a 40 minutos para fazer o trajeto. Você pode também ir de trilha e voltar de barco, foi o que fizemos.

Ponta dos Castelhanos

Trilha no Mangue

Bainema:

A praia de Bainema é bem próxima de Moreré e você acessa através de um curto caminho (10min) a partir do canto sul (direito) da praia.

Ela é linda e bem extensa, sem nenhuma estrutura, apenas coqueiros e areia. No final da praia há um camping e um pouco adiante a entrada para o Mangue que leva até Castelhanos.

Bainema

Velha Boipeba:

A vila de Velha Boipeba é bem maior do que Moreré e é lá que estão a maioria dos restautentes e pousadas. Alguns restautentes ficam na beira do rio do Inferno onde rola o por do sol. A praia mais próxima é a praia da Barra, onde estão as principais pousadas.

Para chegar de Moreré até lá é possível caminhar entre 40 minutos e 1 hora (pela praia na direção de Cueira), pegar um trator (10 reais por pessoa) ou barco.

Velha Boipeba

 

Tem também um quarto de casal (com paredes) e um mezanino aberto com lugar para quarto pessoas. Todas as camas são cobertas com mosquiteiros. O banheiro tem chuveiro com água quente.

Tudo foi arrumado com muito carinho para nós e havia serviço diário de camareira. Fomos super bem recebidos pelos donos Alexandre e Mirtes e recomendo muito o Canto do Moreré.

GALERIA MORERÉ

Sinta o gostinho dessa viagem através das fotos que fizemos.

COMO CHEGAR EM MORERÉ

Chegar em Moreré não é fácil, mas vale a pena.

POUSO DO CAJAIBA - RJ

Passamos o carnaval em um pequeno e charmoso vilarejo de pescadores.

Please reload

LINKS RELACIONADOS

Por Julia Zettel

  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Facebook Icon
Nas Redes
Seu Vídeo
organize sua viagem