Bangkok

A caótica e encantadora capital da Tailândia

grand palace

Bangkok é a capital da Tailândia e o principal centro do sudeste asiático. Ao planejar uma viagem por esses lados você com certeza vai passar algumas vezes pela cidade (ou um de seus 2 aeroportos).

Bangkok foi a minha primeira parada na Ásia e confesso que o caos da cidade grande e o contraste de culturas me deixou um pouco perdida no começo, mas cidade tem seu charme e os pontos turísticos são realmente de tirar o fôlego!

Ficamos ao todo 6 dias na cidade (chegamos e saímos por Bangkok e foi mais do que suficiente para conhecer bem, então deixo aqui minhas dicas e impressões.

*A moeda local é BATH (THB) e, no final de 2016, 1 THB equivalia a, mais ou menos, 10 reais.​

* Dica 1: Chegando do aeroporto internacional (BKK) você tem 2 opções:

1. Taxi - Opção que escolhemos na ida, pois estávamos hospedados na Khao San Road e lá perto não tem nenhuma estação de Sky Train nem metrô por perto. Com taxímetro o taxi custou em torno de 550 THB. Não é a opção mais econômica, mas depois de um longo vôo cansativo vale o conforto.

2. Airport Rail Link - Você pode pegar o Skytrain direto do Aeroporto até a estação Phyathai, que faz conexão com o metrô (BTS). Leva em torno de 30 a 40 minutos e o trem para em outras 6 estações no caminho. O bilhete custa 45 THB. Fomos para o aeroporto de Skytrain, pois nosso hotel na volta era próximo a Phyathai, e foi super tranquilo!​

*Dica 2: A maioria dos templos exige que mulheres estejam com ombros e joelhos cobertos. Para driblar o calor absurdo é bom levar uma canga e/ou pashmina na bolsa pra se enrolar antes de entrar. Muitos templos alugam blusas e saias, mas é um tempo que você acaba perdendo. Uma boa também é levar saias longas e calças fresquinhas na mala, facilita bem a vida sem precisar morrer de calor.​

*Dica 3: Como é tradição em diversos países da Ásia, é preciso negociar o preço de quase tudo.​

*Dica 4: A melhor maneira de se locomover pela cidade (fora caminhar a pé) é de taxi (SEMPRE com taxímetro). Achei que dividindo por dois saía mais ou menos o preço do metrô, que é a segunda melhor opção.

Os Tuk-Tuks são bem divertidos mas muito mais caros, vale dar uma volta só pela diversão (não esqueça de negociar o preço).

tuk tuk

QUANTOS DIAS FICAR EM BANGKOK

Na hora de calcular quantos dias você vai reservar pra Bangkok, vale levar em consideração se é sua primeira parada na Ásia ou não, pois caso seja é importante saber que você vai chegar cansado e que o fuso atrapalha bastante nos primeiros dias, então caso você visite a cidade vindo do Brasil, recomendo deixar um dia extra para descanso ou para conseguir ter dias menos corridos.

No dia que cheguei, por exemplo, dormi a tarde toda, não consegui ver nada, apenas saímos para jantar, rs.

Acho que 3 ou 4 dias é o suficiente para visitar tudo, incluindo um dia de bate e volta em Ayutthaya (antiga capital do Império). ​

Depois de 5 dias em Bangkok (o 6º foi na volta) seguimos para Chiang Mai de trem noturno. A experiência foi incrível e depois eu conto mais sobre ela.

TURISMO - TEMPLOS

- Wat Pho (Buda reclinado): O Buda é realmente impressionante, tão grande (45 metros) que as fotos não conseguem captar. O restante do templo também é bem bonito e foi lá que nasceu a massagem tailandesa. Lá dentro tem cursos e é possível fazer massagem também.

O espaço é bem grande então, se você tiver tempo, recomendo visitar em dias diferentes o Wat Pho e o Grand Palace (outra principal atração)

  • Funcionamento: 8h às 18h30 - 100 THB (preço do final de 2016)

Wat Pho
Wat Pho

- Grand Palace e Buda de Esmeralda (Wat Phra Kaew): O complexo é maravilhoso, cheio de cores, brilho e muitos detalhes. O Wat Phra Kaew é o templo budista mais importante da Tailândia e a imagem do Buda, apesar de ser bem menor que o usual, é incrível. É uma das atrações mais cheias, mas é realmente imperdível. Muitos blogs recomendam chegar cedo, mas nós fomos em torno de 11h e não pegamos fila.

Vale lembrar que homens precisam ir de calça (eles alugam roupas, mas sempre tem fila para pegar. Você paga um depósito de 200 THB e eles te devolvem no final).

  • Funcionamento: 8h30 às 15h30 - 500 THB

espumante ostras

- Wat Arun (Templo do amanhecer): Fica na beira do rio Chao Phraya e como, infelizmente, ele estava em obras quando visitamos (cheio de andaimes e sem poder subir nas torres), achei mais bonito de longe. A dica é ver o por do sol do outro lado do rio.

  • Funcionamento: 8h30 às 17h30 - 50 THB

dunas quadricículo

- Wat Traimit (Buda de ouro): Esse templo é bem mais simples que os outros, mas o enorme Buda de ouro impressiona. Ele fica perto de Chinatown, então é interessante fazer essa visita casada.

  • Funcionamento: 9h às 17h - 40 THB

Wat Traimit

- Ayutthaya: Foi um dos passeios que mais curtimos. É uma cidade próxima à Bangkok e tem vários templos e ruínas incríveis (foto abaixo). Reservei um post só pra isso