© 2023 por YOLO.

Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Facebook Icon

Cusco & Machu Picchu

03.08.2017

Esse post faz parte de um Mochilão que eu fiz em 2014.

O roteiro completo pode ser lido AQUI.

 

*Dica: Sempre se hospedar em torno da Plaza de Armas, toda cidade do Peru tem uma e é onde os principais pontos turísticos e restaurantes se encontram.

 

*Dinheiro: Levei todo meu dinheiro em Dólar e alguma coisa no cartão. Achei que levar Dólar foi uma boa escolha, pois não vi muitos câmbios trocando Real.

O Peru ainda não lida muito bem com cartões de crédito, então se prepare para ter dinheiro em espécie.

Aliás, é bom levar o dinheiro numa doleira, principalmente se for viajar de ônibus como nós para evitar roubos e 'pick-pockets'.

 

*OBS: Lembre que os preços podem ter mudado, a viagem foi em novembro de 2014!

 

*Transporte: Fizemos todo o transporte por ônibus. Foi bem cansativo, mas bem econômico também. Resumi esses detalhes de planejamento AQUI.

 

Cusco (4 dias)

 

Eu AMEI Cusco... 4 dias pode ser muito para algumas pessoas e de fato é mais que suficiente pra ver os principais pontos turísticos, mas eu curti muito a cidade!

A Plaza de Armas é linda, com uma Catedral enorme, que é possível visitar por dentro, e a Iglesia de la Compañia. Em torno da praça tem vários restaurantes, cafés, bares e agências de viagem.

O Centro Histórico é bem pequeno e é legal ficar batendo perna por ele. Passamos por várias praças, becos e ruazinhas super charmosas.

 

 

Subindo pelas ruelas você chega em San Blas, um bairro lindo e super agradável, com muitas lojinhas e restaurantes legais.

Na praça de San Blas rola uma feirinha de artesanato também.

 

Além disso, Cusco tem vários museus. Nós visitamos o Qorikancha (museu arqueológico), que é bem legal, com múmias e tudo! E o Museo Inka, que conta um pouco a história do povo Inca, com maquetes e linhas do tempo.

Outro museu famoso por lá é o Museo de Arte Precolombino, mas não quisemos pagar pra entrar. Dizem que o café e restaurante do museu é ótimo também, mas era fora do nosso budget, Rs.

Visitamos também o Mercado Central de San Pedro, que é um mercado super local que e onde achamos os melhores preços nas chompas (casacos típicos) e lembrancinhas.

Descendo a Av. El Sole você chega num muro super lindo: O Mural de la Historia Inca. Se não me engano, o mural é caminho para o Mercado.

 

 

Só fizemos um tour em Cusco (fora Machu Pichu né), que foi o Moray y Salineiras. É um passeio bem maneiro, que dura o dia todo.

Primeiro vc vai pra Moray, que são umas plantações loucas dos Incas que parece coisa de ET. 

 

 

Depois você visita Salineiras, que são umas construções para o cultivo de sal, uma paisagem bem diferente. Você pode ficar andando pelas salineiras e até provar os sais. Eu curti!

 

 

Fizemos esse passeio e o de Machu Pichu pela Super tours. A empresa é boa, mas acho que é tudo igual. Tem milhões de empresas por lá, em torno da Plaza de Armas, escolhemos aleatoriamente e deu certo.
 

Agora o que interessa:

 

- Pariwana: Melhor albergue da viagem! Muito bom mesmo, 31 soles no quarto com 8 camas.
 

COMIDA:

 

- Don Pancho y Esteban - Comida típica e barata // Av. El sol, 765

- La Bodega 138 - pizza divina

- Inka Grill - comida típica mais chique, na Plaza de Armas

- La Pacha - Restaurante em San Blas, charmoso, bom preço e um lomo saltado incrível
 

BARES & NIGHTS:

 

- Km 0 - Fica em San Blas, vale o passeio pelo bairro de dia e de noite

- El Duende - Bar todo decorado com duendes e fadas, atrás da Plaza de Armas

- The muse

- Ukukos

- The Temple - Night de gringo, porém divertida

- Mithology - Idem
 

*DICA BOA!! Compramos um vale turismo que dá direito a passeios e ingressos de museus em Cusco, valeu a pena pelas minhas contas! Isso você compra no escritório da COSITUC (Av El Sol, 103)

 

VALE SAGRADO & MACHU PICHU (4 dias)

 

 

Fechamos o passeio combo, com o Vale Sagrado no primeiro dia. Bem legal, recomendo! Tudo saiu 230 dólares, com hospedagem.

O Vale Sagrado é uma região com várias cidades e sítios arqueológicos às margens do Rio Urubamba.

Primeiro visitamos Pisac Nova (onde tem uma feira de artesanato bem famosa, mas achei cara e não comprei nada) e Pisac Antiga (que são umas ruínas bem bonitas). O legal de ter guia é que ele nos contou várias histórias sobre Pisac e o Vale.

 

 

Depois fomos para Ollantaytambo que é lindo demais. O lugar é cercado por montanhas enormes e você sobre umas escadarias e tem uma vista incrível do Vale e do rio Urubamba. O legal é que eles construiram templos no topo dessa escadaria usando pedras enormes e até hoje não se sabe ao certo como essas pedras chegaram lá em cima.

 

 

De Ollantaytambo pegamos o trem pra Aguas Calientes já a noite. Chegamos lá meio tarde e dormimos num hotelzinho tranquilo que a empresa reservou dentro do pacote (tudo isso está incluso no preço). 

 

 

Acordamos 5h da manhã e pegamos um onibus pra Machu Pichu, que é SURREAL, maravilhoso! Passamos o dia lá, mas não conseguimos ingresso para Wayna Pichu(tentamos com 4 dias de antecedência e não tinha mais, então se quiser subir, se planeje melhor do que nós).

De manhã tivemos um passeio guiado, que recomendo pelas histórias e explicações e um pouco antes das 11h o guia te libera para ficar livre. A Helena subiu a Montanha, que é outra vista, mais alta que Wayna Pichu. Eu estava com febre no dia e fiquei pelas ruinas mesmo. Segundo ela, não valeu tanto a pena subir pois é muito cansativo e a vista fica muito distante, mas que ela curtiu de toda forma.

Descemos a pé, o que eu não recomendo, pois é uma escadaria infinita que destrói seu joelho e panturrilha. E depois fomos nas águas termales (nem curti) e pegamos o trem de volta para Ollantaytambo, onde um motorista de van (da empresa) nos buscou e levou de volta pra Cusco (viagem mega cansativa e desconfortável, mas valeu a pena).

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Por Julia Zettel

  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Facebook Icon
Nas Redes
Seu Vídeo
organize sua viagem