Paris - 3 roteiros a pé

3 dos meus passeios a pé preferidos na cidade

bicicletas inverno

Paris é de longe a cidade que mais visitei fora do Brasil. Foi lá que tive minha primeira experiência morando sozinha, quando fui fazer um intercâmbio de 3 meses na cidade.

Resolvi colocar aqui então 3 roteiros a pé que eu adoro e sempre levo meus amigos para conhecer. Vale a pena tirar uma manhã ou tarde para se dedicar a eles, não importa a época do ano.

*OBS: Minha última ida à Paris foi no final de 2016

1. MONTMARTRE


Começando o roteiro:

- Desça na estação de metro Blanche, pra ver o Moulin Rouge.


- De lá suba a Rue Lepic (logo ao lado dele), passando pelo café Les Deux Moulins (famoso café do filme Amélie Poulain) e pelo Moulin de la Gallete.

- Continue na Rue Lepic até chegar na Place du Tertre, onde ficam vários pintores e restaurantes simpáticos.

- Caminhe até a Basilique du Sacre Coeur (linda), que é bem do lado da praça (não se preocupe, tem placas indicando). Nas escadarias e nos gramados em frente à igreja sempre rolam apresentações legais, tipo de dança ou de música de rua, então é um lugar agradável de ficar um tempinho apreciando a vista incrível da cidade. No final do gramado fica o famoso carrossel.

- Depois recomendo que você desça à pé por qualquer rua (ou escadinha), se perdendo um pouco pelos encantos do bairro, é só seguir o fluxo até chegar em algum metro!


mapa montmartre paris

Para acessar esse mapa no Google Maps, clique AQUI.



2. LOUVRE - CHAMPS-ELYSÈES

* Esse roteiro é bem longo, é preciso uma certa disposição, mas é bem legal e vale muito a pena.

* Quem tem tempo pode visitar o museu do Louvre em um dia, e fazer esse passeio a pé no outro, visitando no segundo dia o Musée de L'Orangerie e/ou a Galerie du Jeu de Paume.


- Comece o passeio pelo Palais Royal que tem um jardim interessante, com umas esculturas e é logo ao lado do Louvre. A estação de metro leva esse mesmo nome: Palais Royal - Musée du Louvre.



- De lá siga para o Louvre (mesmo quem não pretende visitar por dentro, vale a pena conhecer o pátio). Depois da visita, saia pela praça principal, onde tem a pirâmide e siga pelos Jardins Du Louvre até os Jardins des Touleries (é a continuação do primeiro). 

*Legal notar a mudança de cenário nas diferentes estações do ano!


- Se você ainda tiver pique, tem o Musée de L'Orangerie no caminho, com uma coleção de arte impressionista, onde ficam os quadros das ninféias de Monet.

Se essa não é sua onda, do outro lado desse museu está a Galerie du Jeu de Paume, que abriga exposições temporárias, vale conferir a programação pois costumam ser legais, sobre música, cinema, etc.


- Siga pelas Touleries até a Place de La Concorde, onde tem o famoso Obelisco egípcio e a roda gigante


- Daí eu sugiro uma caminhada (levemente longa, mas simpática) pela Champs-Elysées (é fácil perceber qual é a rua certa, é só seguir a reta do Arco do Triunfo).

Chegando na Champs-Elysées a graça é andar sem pressa, olhando as vitrines e parando em algum dos muitos cafés por lá. No caminho passe pelos Petit e Grand Palais (um em frente ao outro) e continue subindo a rua até chegar no famoso Arco do Triunfo.

* Sobre o Arco, não sei se vale a pena subir nele e na Torre Eiffel, dependendo do orçamento que tiver, você pode escolher um só, pois ambos são um pouco caros para visitar. A vista da Torre é mais alta, logo mais interessante, mas é mais cara e tem mais fila (é possível comprar online)

mapa roteiro louvre champs-elysèes

Para acessar esse mapa no Google Maps, clique AQUI.