Ko Phi Phi


barco phi phi

Phi Phi é uma das ilhas mais visitadas da Tailândia e é bem famosa pelas festas e por ser cheia de jovens.

Se você busca isso, o lugar é exatamente esse. Se sua vibe é outra, tudo bem, as praias paradisíacas vão compensar o clima de zoeira constante. De toda forma, é um destino imperdível.​

São duas ilhas principais no arquipélago:

Phi Phi Don - Ilha maior, onde tem o centrinho e onde você vai se hospedar.

Phi Phi Leh - Onde fica a famosa Maya Bay (praia do filme A Praia), que é uma reserva natural, então não é possível se hospedar por lá. Não pode nem acampar, mas é possível passar uma noite em um barco (o único que tem autorização para dormir lá) .

*A moeda local é BATH (THB) e, no final de 2016, 1 THB equivalia a, mais ou menos, 10 reais.

COMO CHEGAR

As duas praias continentais que levam a Phi Phi são Krabi e Phuket. De ambas é bem fácil chegar lá de ferry.

Fomos por Krabi e compramos as passagens na noite anterior em uma das (muitas) agências de viagem no centro da cidade. É possível também comprar online e nos hotéis, mas os preços são um pouco mais caros.

De Krabi para Phi Phi é 1 hora e meia de ferry sanido do Klong Jilad Pier. São 4 horários: 9h, 10h30, 13h30 e 15h.

De Phuket para lá são 2 horas e tem mais opções de horários (entre 8h30 e 15h).

praia phi phi

TURISMO - TEMPLOS

- Monkey Beach: É realmente uma paria com vários macacos! Você pode chegar nela de caiaque (saindo de Loh Dalam) ou passar no final de um dos seus passeios de barco (o que fizemos). *Só levei a GoPro e as fotos não ficaram legais :(

- Barco para Bamboo Island & Mosquito Island: Passeio lindo. É possível agendar em qualquer agência do centro (tem 2 opções: Long Tail para 40 pessoas e speed boat para 60). Resolvemos fazer por conta própria (fechamos o passeio com um barqueiro em Loh Dalam por 2.000 THB o casal). Foi um passeio de 4h no Long Tail e fomos também para Nui Bay, Monkey Beach e uma parada para snorkel. Incrível!

*Para entrar em Bamboo Island é preciso pagar uma taxa de 400 THB por pessoa, pois é uma reserva.

*Fotos: Nui Bay e Bamboo Island

praia nui bay
Bamboo island praia

- Long Beach: Foi a praia que mais gostamos em Phi Phi Don. A trilha para chegar é bem simples e bonita, você passa por outras mini praias no caminho. São mais ou menos 40 minutos de caminhada saindo de Ton Sai. Lá tem alguns restaurantes, além dos hotéis. Na volta resolvemos pegar um barco (100 THB por pessoa).

Também é possível se hospedar aqui, ideal para quem não quer ficar no centro do agito.

espumante ostras

- View Point: Dizem ter um por do sol imperdível, nós acabamos nos organizando mal e não dando sorte com o tempo (sempre nublado no final do dia) e não conhecemos. Mas acho que vale a pena. São 30 minutos de subida.

- Maya Bay: Passeio mais famoso e mais incrível de Phi Phi. O esquema de barco é o mesmo que Bamboo Island (inclusive é possível juntar os dois em 1 passeio só, mas acho cansativo). Como é a praia mais famosa, é também a mais lotada. Esse é um bom passeio para fazer privativo, assim você evita o horário de pico. O ideal é chegar lá de manhã bem cedinho (antes de 7h30) ou no final do dia.

Outra opção é dormir em Maya (só um barco tem autorização para isso, explico melhor abaixo).

dunas quadricículo

Os passeios para Maya Bay também passam por outros pontos lindos: Viking Cave (só para ver, não pode nadar) e Phi Leh Bay (onde é possível fazer snorkel e caiaque)

caiaque praia

DORMINDO EM MAYA BAY

Foi uma experiência inesquecível e muito legal!

O Sleep Aboard, é o único barco que tem autorização para passar a noite em Maya Bay. O nosso grupo tinha 22 pessoas, o que foi uma sorte pois o barco tem capacidade para 35, então estava bem espaçoso.

Você sai de Phi Phi 15h e passa primeiro na Viking Cave e na Phi Leh Bay. Depois chega na Maya Bay, onde rola um fim de tarde, jantar, música, bebida e um churrasco. Depois volta para o barco onde é possível nadar com os plânctons luminosos! Essa foi a parte que mais me surpreendeu. Achei que fossem ser pontinhos isolados, mas era como mergulhar numa água com purpurina! De cara você não vê nada, mas basta bater perna ou agitar o braço que eles brilham! Muito lindo! Depois disso é hora de dormir.

Na manhã seguinte voltamos cedinho para praia até umas 8h. De volta no barco é servido café da manhã e depois você pode fazer snorkel, ainda em Maya, mas no mar e não na beira. O barco volta para Phi Phi umas 10h.

A única coisa que eu achei um pouco negativa é que, tanto no fim do dia, quanto de manhã cedo, o sol não bate na água, então quando vamos embora é bem na hora que o sol está tomando conta da praia toda (e consequentemente ela já tá bem mais cheia). Teve um grupo que resolveu ficar mais e pagar um barco para voltar a parte, talvez isso seja interessante pra curtir um solzinho por lá.